HISTÓRIA DA SAVIPA

"Não estamos para dar o almoço, mas para almoçarmos juntos!"

A Associação São Vicente de Paulo – SAVIPA, foi fundada em 27 de março de 2017 pelo padre Diego Rihl Bettoni e por Angelo Longhi que lendo os sinais de suas histórias de vida, bem como impulsionados em concretizar os ensinamentos da exortação apostólica Lumen Gentiun, de anunciar o Evangelho de Jesus Cristo, sendo sal e luz (Mt 5) em todos os ambientes, levou ambos a iniciarem as atividades formativas e caritativas na periferia da Diocese de Caxias do Sul, inicialmente na Paróquia São Vicente de Paulo, onde atuavam.


Dados os sinais positivos destas iniciativas pastorais e juntamente com um pequeno grupo de amigos e benfeitores, o padre inicia a organização daquilo que há tempos estava em seu coração, inspirado pelo exemplo do padroeiro da caridade cristã São Vicente de Paulo, iniciava o “projeto Filhas da Caridade”. Um pequeno grupo de crianças carentes que a partir de então receberia formação humana e cristã, bem como acompanhamento as suas necessidades sociais.


Presbítero Diego Rihl Bettoni, sendo de berço católico, e tendo abertura ao chamado de Deus, tem em 1997 enquanto estudava na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, no curso de Publicidade e Propaganda, um encontro com Cristo presente no irmão que sofre. Era no início daquele ano, quando uma menina solicita ao então jovem Diego, algo para comer. O impulso de ajudar, naquele dia, foi maior do que um ato de bondade humana, era uma voz interior que o levava naquele momento a não só dar algo de comer, mas estar junto, almoçar com aquela filha muito amada de Deus, em seguida sai daquela mesa de restaurante universitário, compungido por um chamado, entra na capela da Universidade e ouve em seu coração a voz do senhor que o chamava: “Diego, como gastarás o teu tempo?” saindo dali, procura um sacerdote para saber o que teria de fazer para “ser padre”.


O Carisma da SAVIPA é esta forma renovada de ver o irmão que sofre, SER PRESENÇA, numa dimensão extremamente católica de presença humana e espiritual, de dar uma resposta a muitos anseios dos que querem servir a Cristo e não sabem como fazê-lo, bem como suscitar na Igreja um novo e responsável olhar pelos menos favorecidos, de forma madura, consistente, comprometida e perseverante. Sendo Jesus Cristo o modelo, o centro e o motivo. Em suma um carisma que leve a viver POR CRISTO, COM CRISTO E EM CRISTO.

SVP.jpg